26 fevereiro 2012

São móveis, louças e eletrodomésticos que dão um quê de nostalgia aos ambientes

O termo 'vintage' foi aplicado pelo mundo da arte, moda e decoração para designar elementos que marcaram as décadas passadas? No Brasil, o vintage, também conhecido como retrô, entrou pelo mundo da moda, mas acabou se enveredando pelo universo da decoração. Quem não tem ou conhece alguém que possui móveis e objetos antigos, muitas vezes herdados da família. Para decorar sua casa no estilo vintage, vale conferir garage sales, feiras, lojas de antiguidades etc. E o melhor, muitas lojas e designers estão criando produtos e coleções no estilo. Que tal, então, dar um ar antiguinho a sua casa? São móveis, louças, eletrodomésticos, tapetes, papel de parede com um quê de nostalgia. Dê uma olhada nos meus álbuns de vintage, no Orkut, você vai gostar! 
http://www.orkut.com.br/Main#AlbumList?uid=12440553904101080127

16 fevereiro 2012

O príncipe William e sua esposa Kate serão imortalizados numa edição limitada para colecionadores dos bonecos Barbie e Ken, anunciou a fabricante Mattel.
Os duques de Cambridge usarão os trajes de seu casamento de 29 de abril passado - ela o vestido de noiva criado pela maison Alexander McQuen e ele o uniforme de coronel da Guarda Irlandesa do exército britânico.
Os bonecos, que serão vendidos a um preço de 99,99 libras (157 dólares, 120 euros), serão lançados em abril, coincidindo com o primeiro aniversário do casamento. (Fonte: Yahoo)
12 fevereiro 2012

Vozes de ouro, vidas perigosas e mortes prematuras: Billie Holiday, Janis Joplin e Amy Winehouse dão às boas-vindas a Withney Houston no clube das estrelas da música que viveram intensamente, entraram no mundo das drogas e foram levadas ao inferno, sem importar quanto sucesso tiveram nas suas carreiras.


Whitney Houston, que morreu aos 48 anos, viveu quatro anos a mais do que a fundadora desse clube, Billie Holiday, a voz do dor, que deu o seu último suspiro a 17 de Julho de 1959, em Nova Iorque, após longos anos de consumo de medicamentos.
Como a maior parte das cantoras afro-americanas, Houston teve como modelo artístico Lady Day, como Billie era conhecida entre os fãs. Houston chegou a gravar uma versão de um dos maiores clássicos da diva do jazz, «God Bless the Child», e da mesma forma que a sua inspiradora, não conseguiu evitar os seus erros e mostrou a sua degradação pessoal para o público.
Billie Holiday morreu em prisão domiciliária, após ter passado vários meses detida por posse de heroína. A sua voz marcou um estilo no jazz, mas no final da carreira a cantora estava arruinada e nem sequer podia entrar nos clubes de Nova IOrque.
A solidão e o desamor fizeram dos quartos dos hotéis cenários de trágicos desenlaces na história da música. Pouco mais de quarenta anos antes de Whitney Houston, Janis Joplin foi encontrada morta na suite do hotel Landmark Motor, em Los Angeles.
A vida desenfreada da jovem estrela terminou a 4 de Outubro de 1970 por causa de uma overdose de heroína, que matou o espírito rebelde de um dos ícones femininos mais poderosos do rock.
No seu caso, a ascensão e a queda ocorreram num ritmo vertiginoso. Janis, que publicou o seu primeiro disco em 1967, morreu aos 27 anos, como ocorrera pouco tempo antes com Brian Jones e Jimi Hendrix. Mais tarde, outras estrelas entraram para o grupo dos que perderam a vida nessa mesma idade, como Jim Morrison e Kurt Cobain. E, mais recentemente, Amy Winehouse.
A cantora britânica também teve tudo, fama, reconhecimento e dinheiro. E uma incapacidade gritante para se livrar da sua dependência.
Nos últimos anos, Amy e Whitney submeteram os seus fãs a uma tortura, com actuações patéticas, nas quais mal conseguiam ficar em pé. Uma intoxicação por álcool acabou com a vida de Amy a 23 de Julho de 2011. Ela morreu em casa, em Londres.
A próxima na lista poderia ser Whitney Houston, mas os seus admiradores sempre esperaram que ela conseguisse recuperar e não cumprisse o triste desígnio das estrelas que se foram. Mas o destino mais uma vez mostrou-se implacável.
10 fevereiro 2012

nascimento 09/02/1909 falescimento 05/08/1955

Carmen Miranda é até hoje a cantora brasileira que mais fez sucesso no exterior. Dona de um estilo absolutamente único e particular, tanto na maneira de cantar como na performance de palco, teve uma vida de mito, cheia de glórias e dramas.
Nascida em Portugal, veio para o Brasil ainda bebê, fixando-se com a família no Rio de Janeiro. Aos 15 anos começou a trabalhar numa loja de chapéus. 
Em 1928 conheceu o compositor e violonista Josué de Barros, que a convidou para participar de um festival beneficente e mais tarde a levou para o rádio. 
 
A primeira gravação veio em 1929, pela Brunswick, tendo de um lado o samba "Não Vá Simbora" e o choro "Se o Samba É Moda", ambas de Josué. 
Carmen gravou alguns outros discos antes de estourar com seu primeiro grande sucesso, a marchinha "Pra Você Gostar de Mim (Taí)" (Joubert de Carvalho), que bateu recordes de venda, com 36.000 cópias. A partir daí, gravou diversos discos, fez cinema, trabalhou em dupla com sua irmã Aurora, fez parte da história do lendário Cassino da Urca, onde, em 1938 usou pela primeira vez o traje de baiana que a celebrizaria mundo afora.
 
No Cassino conheceu um empresário norte-americano que a convenceu a ir para os Estados Unidos. Acompanhada pelo Bando da Lua, a maior estrela do Brasil deixou uma legião de fãs chorando na sua despedida e chegou à América em 1939 totalmente desconhecida e sem falar inglês. 
 
Em pouco tempo fez participações em programas de grande audiência, cantando músicas como "Mamãe Eu Quero", "Tico-tico no Fubá", "O Que É Que a Baiana Tem?" e "South American Way" e se tornou um fenômeno também nos EUA, onde chegou a ser a segunda estrela mais bem paga de Hollywood. No total, participou de dez filmes em Hollywood e ficou conhecida como a Brazilian Bombshell.
 
Em 1940 voltou rapidamente ao Brasil, onde a população a recebeu com euforia, à exceção do público do Cassino da Urca, que a tratou com indiferença e frieza. Arrasada, Carmen encomendou uma música sobre a situação, e gravou "Disseram que Voltei Americanizada" (V. Paiva/ L. Peixoto). 
 
Depois disso voltou para os EUA e se radicou em Beverly Hills, onde continuou sua carreira de cantora e atriz de cinema e televisão.Em 1954 as pressões da indústria do entretenimento causaram uma crise de nervos, e a Pequena Notável veio ao Brasil para se tratar e descansar. 
 
Voltou para Beverly Hills em 55, e em agosto teve um colapso cardíaco e morreu, depois de passar mal em um programa de televisão.
Seu corpo foi embalsamado e veio de avião para o Brasil, onde uma multidão de um milhão de pessoas seguiu o cortejo de seu enterro.
 
Carmen continuou sendo sempre lembrada por meio de shows e discos de homenagens, filmes, documentários sobre sua vida (como o premiado "Banana Is My Business", de Helena Solberg). Seu acervo está preservado no Museu Carmen Miranda, no Rio de Janeiro.(Fonte: Site Cliquemusic)

02 fevereiro 2012
Procrastinar é algo de que pouco se fala, mas que muito se faz. Embora "embromação" possa ser um de seus quase sinônimos populares, a procrastinação vai um pouco além disso. É um comportamento crônico nocivo, embora muito comum.

É aquele hábito de deixar tudo para depois: uma tarefa "chata", os estudos, o regime alimentar, as práticas físicas, o abandono de um vício, passar a economizar – coisas que sabemos que precisamos fazer, mas que, por inúmeras razões, ficamos adiando; muitas vezes nos enganando com desculpas frágeis e, não raro, falsas.

O procrastinador é alguém faz várias coisas ao mesmo tempo, exatamente para não fazer aquilo que realmente deve ser feito. Quando pensa no que de fato tem de fazer, sente-se preso e sem reação.

As consequências não raro são danosas, especialmente a longo prazo, quando, olhando pra trás, se percebe quanto tempo foi jogado fora por falta de ação objetiva.

Ao deixar de cumprir certas obrigações, decepcionamos alguém e perdemos credibilidade e oportunidades. Isso se percebe claramente na vida conjugal, no convívio familiar e na carreira profissional. Depois ficamos observando a trajetória de outras pessoas, que entraram em forma, ganharam conhecimentos e avançaram profissionalmente.

Quando vejo pessoas querendo empreender grandes mudanças de imediato, sei que estou diante de um procrastinador, porque ele fica inativo por muito tempo e, depois que percebe nos outros o quanto não evoluiu, resolve mudar tudo de uma vez.

É óbvio que não vai conseguir, porque as nossas grandes realizações são conquistadas aos poucos.

Desse modo, novamente derrotada, essa pessoa tende a desanimar e voltar a procrastinar novamente, repetindo um ciclo fadado à infelicidade.

Enquanto procrastina, a pessoa vai absorvendo estresse por uma oculta sensação de culpa, sentindo a sua perda de produtividade e cultivando vergonha em relação aos demais, por não conseguir cumprir seus compromissos.

A formação de um “enrolador” muitas vezes começa na infância. Crianças podem tornar-se procrastinadoras no futuro por conta do tratamento que recebem dos adultos. Daí a conveniência de revermos constantemente as nossas crenças, para nos livrarmos de influências negativas que adquirimos ao longo da vida.

Duas das vertentes mais clássicas são:

- A criança extremamente protegida, condicionada a achar que sempre alguém fará por ela. Quando adulta, ela tenderá, inconscientemente, a sentir-se insegura para agir, por não ter alguém auxiliando-a.

- A criança que é exageradamente cobrada. Ela pode desenvolver a característica do perfeccionismo. Assim, ela tende à procrastinação por acreditar que, mesmo se dedicando, não conseguirá realizar as coisas de modo primoroso – e acaba postergando tudo o que acha importante.

Tratamento
A procrastinação crônica é quase sempre associada a alguma disfunção psicológica ou fisiológica. Portanto, é passível de tratamento.

Quando recebo pacientes procrastinadores, incluo no tratamento algumas recomendações que ajudam muito a livrá-los dessa anomalia. Eis algumas:

- Reconheça, quando está enrolando, que pode haver mais dor em procrastinar do que em realizar a tarefa. Muita coisa é menos complicada do que parece ser.

- Não deixe aquele afazer chato por último, para que ele não se torne urgente e o apavore ainda mais.

- Experimente a sensação de alívio e o fortalecimento da auto-estima após concluir uma tarefa e perceba que livrou-se dela de maneira positiva, enfrentando-a.

- Para encorajar-se, pense no que vai deixar de ganhar ou no que pode perder caso não realize essa atividade. Se puder escrevê-las e avaliá-las seriamente, melhor.

- Se a tarefa for muito trabalhosa, divida-a em partes e vá realizando uma a uma, com um pequeno intervalo entre elas, e comemorando (sim!) a última concluída.

- Abra-se para o novo, deixando de agarrar-se às velhas experiências e crenças. O passado não volta mais; o presente é continuamente feito de novos desafios e o futuro é construído passo a passo pelas ações do presente.

- Quando perceber que está querendo procrastinar de novo, proponha-se a atuar por apenas alguns minutos na ação que está tentando evitar. Pode ser que você perceba que não é tão desagradável quanto pensava e venha a vencê-la (touché!).

- Caso lhe seja por demais desagradável, dê-se uma pausa e passe a fazer algo útil (não pare de agir), mas determine quando voltará ao assunto pendente.

A principal vitória é vencer a procrastinação em si. Trata-se de uma vitória para a vida inteira, como a daquela criança que um dia perde o medo do escuro.

* Alessandro Vianna é psicólogo clínico e sente um enorme prazer em estudar e entender o comportamento humano. Clique no link abaixo para conhecer melhor o seu trabalho.
http://www.alessandrovianna.com.br/

Papelaria Fofa

Papelaria Fofa
Itens de papelaria importados e artesanais!

Projeto Correspondência Fofa

Projeto Correspondência Fofa
Troca de cartas com temas mensais

Doida, mas encantadora!

Doida, mas encantadora!

Ibrahim Advocacia

We ♥ It

I'm VIP

I'm VIP
Very Important Princess =D

Vamos de bike!

Vamos de bike!

Meu aniversário, contagem regressiva...

Aniversário do meu marido...

Aniversário do meu filho...

Quer seguir por Email?

Méliuz - cupom de desconto

Cupom de Desconto

Parceria entre Blogs


Blogueiras Unidas

Eu participo, eu apoio!!!!

Blogueiras Unidas

Blogueiras Unidas

Eu participo!

Tecnologia do Blogger.

Sorteio 1500 seguidoras

Sorteio 1500 seguidoras
Private Wonderland

Sorteio 1600 seguidores

Sorteio 1600 seguidores
Telma Salles Artesanato

Sorteio 1800 seguidores

Sorteio 1800 seguidores
Private Wonderland - Autobronzeador Mary Kay

Sorteio 3000 seguidores

Sorteio 3000 seguidores
Bomboneca

Sorteio 6500 seguidores

Sorteio 6500 seguidores
Tricotando a vida

Sorteio 13 mil seguidores

Sorteio 13 mil seguidores
Doce Cabanna

Me adiciona no seu blog?

Me adiciona no seu blog?
Eu Sou Doida Demais

Doidinhas

Sigam-me, doidinhas!

Pesquise aqui!

Arquivo do blog

Início do Blog